Autora

Mariana, mas pode me chamar de Mary. Mary Cagnin.



Sou formada em Artes Visuais pela Unesp e atualmente atuo como ilustradora, principalmente editorial. Trabalho nos principais projetos da Editora Mol, e já ilustrei um livro de uma série infanto juvenil da Panda Books, entre outros. Em 2013, participei do Curso Abril de Jornalismo na categoria Ilustração & Infografia. Também já criei uma adaptação para quadrinhos do livro Raven Watcher, da autora americana Morgan Fitzsimons.

Devo dizer que desenho quadrinhos desde que me entendo por gente. Ainda tenho guardada a primeira história que eu fiz, que lembrava bastante Sailor Moon. Era bem tosca, pra dizer a verdade. Digo isso porque muita gente acha que a gente nasce sabendo desenhar. Na verdade, não é bem assim... É preciso muita paciência, prática e força de vontade.

Desde sempre, li muitos mangás e por isso a linguagem do mangá se inseriu naturalmente na minha narrativa. Desenhar quadrinhos aconteceu quase de uma forma instintiva. Eu gostava de desenhar e de contar histórias, então a união destas duas coisas foi natural e espontânea.

Após entrar no curso de Artes Visuais, decidi me aprofundar no tema, e boa parte da minha produção acabou voltada para o tema da história em quadrinhos. Para fazer meu TCC, me baseei em toda a experiência e experimentações que reuni durante os quatro anos de curso, e teve foco principal (e análise) em Vidas Imperfeitas. Para ler o TCC, clique aqui.

Para mim, as histórias em quadrinhos são apenas um meio de contar uma história, de passar uma mensagem.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...