sábado, 22 de dezembro de 2012

Mais The Sims

Quando chegam as férias, eu me divirto jogando The Sims usando meus personagens LoL

Dessa vez eu criei a Juno e o Daniel "jovens adultos" no The Sims 3 e coloquei eles numa casinha bem simples, só pra ver oq acontece entre eles xD

Fiquei alguns dias jogando e fiz eles namorarem, noivarem e casarem... hahahaha Além disso, o Daniel virou uma estrela do futebol e a Juno uma performer.







 O detalhe do espelho, LoL






Close..

Dormindo de conchinha *-*



Propondo a Juno em casamento! /o/

Essa cena é épica!! Eles jogando videogame, que nem aparece na história xD

Juno está grávida e Daniel ouvindo sua barriga xD sooo sweet

Juno saindo do hospital com a pequena Lilian

Daniel é um pai muito amoroso xD

Daniel vestindo um terno bem bizarro (do trabalho dele)

Lilian crescendo!! Coisa fofa x)~

Juno ensinando Lilian a falar...

Ensinando a andar...

Ela adora brincar dentro do baú! (Quem não gostava?)

Hahaha achei essa cena engraçada. Juno muito brava e Daniel "você está falando comigo?"


Eu tirei muitas fotos, o que prova que sou louca, mas tudo bem. Tá sendo bem divertido jogar com eles, principalmente porque suas personalidades batem com a real e eles acabaram seguindo carreiras que tem a ver com a história original... Estou curiosa pra ver a Lilian crescer... The Sims é mesmo uma emulação da vida ideal, achei tudo muito fofo, com direito a casamento, filhos, etc... mas quem sabe eu comece outro jogo tbm usando um personagem do mal que entra pro crime! huahauaahau (quem sabe esse personagem não seja o Mateo???)





segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Versão em inglês a venda!!

Aeeeeeee! Finalmente a versão em inglês do Vidas está a venda, pela editora Fitztown!!

Quem tiver interesse, é só entrar no site AQUI e a compra pode ser efetuada pelo paypal.

Aproveito para desejar a todos um ótimo final de ano! Esse ano foi cheio de coisas boas e outras nem tanto. Foi um ano de grandes realizações... terminei o Vidas e defendi meu TCC sobre meus trabalhos de quadrinho. Me sinto satisfeita, apesar de tudo. Aprendi tantas coisas e me sinto uma pessoa diferente. E também, ser capaz de receber o reconhecimento das pessoas, isso vai muito além do que jamais havia esperado quando tudo isso começou... Realmente, sou muito grata por isso e por tantas outras coisas.

E essa vida é tão estranha, dá tantas voltas, choramos, damos risada até chorar, vivemos momentos de agonia, melancolia, mas também momentos que nem parecem de verdade. Eu gosto de sentir tudo isso. De verdade.

Vou sentir falta dos sorrisos... das lágrimas... das noites sem dormir. Talvez eu ainda seja a mesma garota assustada. Mas um tanto quanto... diferente.

A vida é tão engraçada... tão trágica, tão cruel...

Tão terrivelmente... imperfeita.


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

A ex-capa definitiva

Como uma das minhas ideias era criar uma edição definitiva do Vidas, eu comecei a fazer a capa para tal. A ideia continua seguindo o tema original das capas de "Parque de diversões" então decidi usar aquelas fotos instantâneas que saem numa maquininha (não sei se tem nome isso). Como meus planos acabaram mudando, não terminei a ilustração, e pra dizer a verdade não curti muito como estava ficando, então se sair mesmo a tal edição definitiva, irei mexer nisso aqui xD


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Doramas!

Pois é, hoje decidi fazer um post sobre um dos meus maiores vícios: Doramas!

Pra quem não sabe, doramas são uma mistura entre novelas, séries e live actions (LoL) só que asiáticos. Deixa eu explicar. Os doramas tem pessoas de verdade, passam na TV com periodicidade semanal (saem 2 episódios por semana geralmente) e lembram muito novelas pelos temas mais dramáticos. Claro que tem dorama de todo tipo, mas a maioria segue essa linha de novela. Os doramas mais famosos são os coreanos, mas tem também os japoneses e taiwaneses (mais conhecidos) e os dos outros países asiáticos, que são menos conhecidos (China, Tailândia). Uma coisa legal sobre os doramas é que eles tem uma história fechada, e não são muito longos (eles tem em média entre 16 e 25 episódios), ou seja, você começa a assistir um dorama sabendo que ele já tem um final, e não vai morrer esperando pela próxima temporada. Alguns doramas também são criados a partir de mangás conhecidos como Hana Kimi, Goong, Nana, Hana Yori Dango, Playfull kiss, etc etc...

Bom, como todos devem saber, eu gosto bastante de romances/dramas mais realistas e as vezes é um pouco difícil encontrar uma história que não fique só no "nhe-nhe-nhém", principalmente porque os orientais são tão fechados e dificilmente expressam seu afeto livremente. Por um lado é interessante de entender como funciona sua cultura, mas por outro pode ser bem... frustrante. Digo isso porque realmente já assisti MUITOS doramas, e assim como as comédias românticas, eles seguem um padrão. Quando a história foge do padrão, ela começa a ficar interessante! Isso não define se uma história será boa ou ruim, às vezes ela começa muito bem, mas chega na metade e começa aquela enrolação, o enredo trava e só se resolve nos 45 do segundo tempo, sabe? Quando isso acontece, eu até perco a vontade de ver. Alguns doramas eu parei de ver na metade porque me desanimaram, mas irei fazer uma lista dos doramas que eu gostei muito e/ou me surpreenderam:


- Playfull Kiss (Kdrama)


Este foi um dos primeiros doramas que eu vi e gostei muito. Minha mãe sem querer assistiu um pedaço e gostou tanto que pediu pra eu baixar todos pra ela ver. Desde então ela também me acompanha nos doramas! LoL Quanto a história, é uma comédia romântica baseada no mangá de mesmo nome (Itazura na Kiss, em japonês). Os personagens são cativantes e tem momentos muito engraçados. Além disso, se você é daquelas pessoas que gostam de ver o que acontece depois do "felizes para sempre", pode gostar desse dorama.


- 49 days (Kdrama)

Este foi definitivamente um dos melhores doramas que eu já vi na vida. Uma das melhores histórias também. Do começo ao fim, não tenho do que reclamar. A história se desenvolve com naturalidade impressionante, bem como os romances. Você se surpreende, chora, sorri, e vive junto com a protagonista. Você torce por ela, você se sente parte dela. É uma história com uma sensibilidade incomum, que realmente te faz mergulhar nela. Se certos romances não se resolvem, você entende porque e não se frustra. O final foi tão emocionante que passei chorando os dois últimos episódios. Terminei de ver o dorama com uma sensação de tristeza profunda, mas não me arrependi de assisti-lo em nenhum segundo. E além de tudo, me fez pensar na vida, em como somos frágeis, e passamos a maior parte do tempo cegos. Vale MUITO a pena assistir e super recomendo.


- Coffe Prince (Kdrama)

Coffe Prince foi um dos melhores doramas de romance que assisti justamente porque ele foge do "padrão" que tinha dito acima. Ele se desenvolve com bastante naturalidade e os personagens não vivem no limbo dos seus sentimentos, eles reagem. Este talvez seja um exemplo de como usar bem os clichês dos romances. A relação entre os personagens também é bem natural, e por isso me impressionou, por sua naturalidade e sutilidades em tratar de certos temas. Além disso, dá uma vontade incrível de tomar uma boa xícara de café! xD


- Flower Boy Ramyun Shop (Kdrama)

Aquela história que dá vontade de comer o tempo todo! O protagonista tem muito charme e te deixa apaixonada de primeira. Me pergunto porque a protagonista é tão "clueless" às vezes, mas percebi que isso é coisa de protagonistas de mangás/animes/doramas... Apesar disso, ela não é totalmente idiota, e por causa disso, o dorama tem umas cenas muito boas de comédia. A história se desenvolve bem, mas pra variar, senti falta de uma relação mais aprofundada entre os protagonistas, de mostrar o que acontece depois.


- Shut up! Flower boy band (Kdrama)

Sou suspeita para falar de doramas musicais! Adoro, adoro, adoro! Deve ser por causa disso que coloquei uma banda na minha história (rs..). O que mais me chamou a atenção nesse dorama foi a naturalidade que os personagens interagem entre si, dá pra perceber que eles são estudantes do ensino médio. Não tem todo aquele truncamento e formalidade que vejo com muita frequência. É um dorama gostoso de assistir, muito sensível, e às vezes também muito chocante. Fala sobre a vida e também faz a gente pensar. Gostei do começo ao fim e me deixou extremamente satisfeita por te-lo assistido. As músicas são ótimas btw, eu vivo escutando elas no youtube... xD


- Devil beside you (Tdrama)

Foi o primeiro dorama Taiwanês que assisti, e antes que eu pudesse me acostumar com a língua estranha, me apaixonei pelo protagonista, todo bad boy e atrevido! Não sabia que taiwaneses pudessem ser tão bonitos o.o A história eu já conhecia, pois já tinha lido o mangá, mas os atores deram bastante vida aos personagens. É uma comédia romântica com uma ótima levada, com um "quê" de relação proibida entre adolescentes que faz a gente querer voltar a época da escola... huahauahau


- City Hunter (Kdrama)

Foi nesse dorama que conheci o lindo, gostoso, maravilhoso Lee Min Ho! (ignorem o comentário de fan-girl =.=) Mas tenho que dizer que ele fez muito bem esse papel de justiceiro anônimo. Em City Hunter, o protagonista, em nome de vingança, age para desmascarar e prender sujeitos corruptos da política. Este dorama tem bastante ação e é bem diferente do que eu costumava assistir, mas o plot é bem interessante e bem desenvolvido. Tem cenas de perseguição, tiros, bastante sangue, suspense, intrigas... Tem uma pitada de romance, o que dá aquele "up" na história, e também o cria o conflito na missão do protagonista. Só tenho a reclamar mesmo do final, onde tudo se resolve nos últimos dez minutos do último episódio (literalmente) e você fica com aquela sensação de que precisava de uma explicação do que acontece com os personagens depois.


- Faith (Kdrama)

Faith foi um dorama muito esperado porque eu já conhecia o Lee Min Ho (de City Hunter) e porque já tinha lido muito sobre ele na internet. Logo que estreou na Coréia, acompanhei os episódios toda semana (saíam 2 epi por semana). Quando um dorama é bem famoso, os fansubs liberam as legendas (em inglês) logo no dia seguinte da estréia! Foi o meu primeiro drama histórico, e eu gostei logo de cara porque aprendi coisas sobre a Coréia que eu não conhecia, além da trama ter todo um suspense que te prende na história. O romance poderia ter se desenvolvido mais rápido, porque tempo eles tinham (o dorama teve 25 epi no total) e eu senti que toda a história foi explicada no ultimo episódio de forma apressada e superficial, sendo que poderiam ter dedicado pelo menos uns 3 episódios pra explicar o que acontece. Minha frustração com finais de doramas não é de agora, porque isso acaba estragando um obra-prima que tinha tudo pra dar certo do começo ao fim, e tira um pouco do gostinho que você teve durante a história. Bom, nada é perfeito, fazer o quê! Ainda assim, recomendo, porque foi um dorama muito bem feito do ponto de vista estético e da levada narrativa.


- Reply 1997 (Kdrama)

Reply 1997 foi o último dorama que assisti recentemente e segue a mesma levada de Shut up! Flower boy band, tanto pelos personagens serem do ensino médio quanto pela levada mais natural. Você sente claramente que são jovens, pelo modo que falam e interagem entre si. Até mesmo a relação com os pais, familiares e amigos é mais parecida com o que conhecemos no ocidente. Isso me leva a crer que os doramas também podem passar uma mensagem distorcida da realidade dos coreanos, que na maior parte das vezes soam simplesmente formais demais. Reply 1997 é ótimo, gostoso de assistir e que me proporcionou risadas fenomenais. Tem um certo suspense que é levado durante a história (quem vai ficar com quem?), mas cada resposta você vai obtendo com o tempo, a medida que o plot se desenrola. O drama se resolve na medida certa, e dá tempo de contar o que acontece com cada personagem, algo que comentei acima (e vocês podem ver que pouco acontece nas histórias) e isso me deixou hiiiper satisfeita! Gostei também do começo ao fim, um final que me deixou com um sorriso singelo estampado no rosto. É uma história simples, que fala sobre amadurecimento, e bastante paupável.


- Marry me, Mary! (Kdrama)

Ouvi dizer que era a adaptação de um mangá, mas quando fui ler, percebi que não tinha muito a ver. Assisti na época em que tinha uma fixação pelo Jang Geun Suk (que foi substituída pela fixação pelo Lee Min Ho, e depois pelo Mike He de Devil beside you) e apesar de ter seus truncamentos, também foge um pouco do padrão. As músicas grudam na cabeça feito chiclete, e tem boas cenas de comédia e romance. O romance se desenvolve logo, e o final dá uma mensagem diferente da que encontramos em histórias românticas.


- Buzzer Beat (Jdrama)

Confesso que conheci esse drama procurando no youtube por "melhores beijos em doramas" (acreditem, isso é muito raro, já que beijo pra eles é apenas tocar nos lábios um do outro como duas paredes, enfim..) e então eu vi uma cena de Buzzer Beat e achei legal. Sem contar que foi um dos poucos doramas japoneses que assisti e achei que deveria ter algum na lista. A história é sobre um jogador de basquete e uma violinista que precisam superar seus medos e dificuldades para poderem seguir em frente com suas carreiras, e de alguma forma, eles acabam se aproximando por causa disso. Tive a impressão também que japoneses são um tanto menos informais que coreanos, o que deixou o romance mais leve.


- Boys Over Flowers (Kdrama)

Versão coreana de Hana Yori Dango (eu também assisti o Jdrama) com o épico Lee Min Ho. Preciso confessar que não foi a melhor história que já vi, está cheia de clichês, de coisas não ditas, de personagens que preferem ignorar a realidade e se revoltar ao invés de resolver os problemas e coisas do tipo. Mas essa história é épica quando se fala em mangás e afins, e achei que deveria estar na lista também. A versão coreana é bem mais longa que a japonesa, mas cada uma tem seu devido charme (às vezes, mais episódios quer dizer também mais enrolação =.=). Ouvi dizer também que foi o dorama que abriu a série dos "Flower boys", ou seja, histórias sobre garotos muito bonitos, que andam em grupo.


- My Girlfriend is a Gumiho (Kdrama)

Uma história muuuuuuuuuuuuuito fofa com uma pitada de fantasia. Tem lá seus clichês de romance, mas que você perdoa simplesmente porque a protagonista é muito linda, fofa e carismática na medida certa (quanto ela não é extremamente mortal! huahauahau). O dorama não tem nada em excesso, é emocionante, bem equilibrado no romance, na comédia, no suspense e na levada. Mas é uma história que vai fazer você simplesmente vomitar arco-íris xD


Bom, que eu me lembre estes foram os doramas mais notáveis que eu assisti, mas é capaz que tenha esquecido de um ou outro (memória de peixe). Tem alguns outros que também gostei mas que me desanimaram por alguma razão, mas nem por isso deixam de serem bons, foi uma questão de gosto pessoal mesmo. Vou deixar uma lista secundária e quem tiver interesse em algum pode perguntar mais nos comentários!


- Big (Kdrama) - Trama interessante mas que não se desenvolve e com um final extremamente decepcionante

- Lie to me (Kdrama) - Estava gostando de ver, mas por alguma razão perdi o interesse e não vi até o final. Obs. tem uma cena muito legal de beijo! huehauheua

- Protect the boss (Kdrama) - A história é bem legal sim, mas sabe quando não acrescenta em nada? Você termina de ver e logo esquece.

- You're beautiful (Kdrama) - A história é bem famosa, é legal, mas tão cheia de clichês... chega a ser irritante às vezes.

- Personal Preference (Kdrama) - Sabe aquela famosa história de alguém que conta uma mentirinha que vira uma bola de neve e a outra pessoa quando descobre, fica muito puta e sente traída? Mas depois tudo acaba bem? Além disso, a protagonista me irrita um pouco. Só mesmo o lindo Lee Min Ho para me fazer assistir até o final LoL...

- Love Keeps Going (Tdrama) - Adorei como a trama se desenrola, o romance que acontece no meio de um turbilhão de coisas, mas não me fez ver até o final.

- Full House (Kdrama) - A história é legal mas o romance não se desenvolve em nada! Chega a ser até um pouco infantil. Eu li o mangá e achei muito melhor, pelo menos a trama se desenvolve um pouco mais no mangá.

- To the beautiful you (Kdrama) - Versão coreana de Hana Kimi. Aquela velha história da garota que se infiltra no colégio interno masculino e os personagens começam a se apaixonar por ela achando que são gays. É engraçado vai, mas não teve nada de especial.

- I need romance (Kdrama) - Dorama dedicado as mulheres mais velhas, tem cenas bem picantes e conversas sobre assuntos adultos. Achei interessante e inovador porque ficou longe dos romances inocentes de doramas, mas a história é fraca.

- Love Rain (Kdrama) - Pensando bem foi um dorama muito bom, digamos que acima da média. Começa muito devagar e isso pode desanimar os desavisados, mas no quinto episódio ele decola. Também tem bastante clichês, mas o romance é leve e gostoso.


Por enquanto, acho que é isso. Desculpem pelo post quilométrico e pelos comentários elouquentes... como eu tinha dito, doramas realmente são um vício! Só depois de fazer esse post eu tive um vislumbre da quantidade absurda de doramas que eu já vi hahaha!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...