quinta-feira, 29 de março de 2012

A duas páginas do final!


Eu sei que deveria postar uma imagem melhor, mas essa foi a única coisa que encontrei pra postar aqui xD Achei isso no caderno de desenho que uso pra fazer o rascunho das páginas... é meio antiguinho, acho que estava pensando na capa da quarta edição, se não me engano.

Mas é isso aí, estou a duas páginas do final de Vidas Imperfeitas e nem sei definir a emoção direito. Por enquanto o que domina é a ansiedade de que esteja pronto e que as pessoas leiam! E é claro, saber o que elas acharam do final!! ///o/

domingo, 25 de março de 2012

Mais desenho

Desenho que achei em um sketchbook, faz um tempinho que eu fiz e decidi colocar algumas retículas pra poder postar. Quem quiser colorir a versão original, fique a vontade, apenas peço que deixem o link do desenho ;D



domingo, 18 de março de 2012

Um pequeno fan service da Juno

Um pequeno fan-service da Juno, porque sei lá, deu vontade de fazer! huahauahu E porque eu precisava atualizar esse blog com algum desenho...



Mudando de assunto... Não sei se vocês lembram (quem acompanha o blog deve lembrar) da minha saga de insatisfações com os eventos do Fanzine Expo, e bem, a verdade é que antes eu nunca tinha me envolvido de verdade e só participava porque parecia ser uma oportunidade legal de divulgação e encontrar alguns leitores. Passei por muitos 'desprazeres' mas nunca parei pra me perguntar o porque de todos eles e sempre culpei a organização do evento. Agora eu sei que o buraco é mais fundo. Prefiro não entrar em detalhes, mas isso tudo me deixou triste e eu não posso mais participar de algo que não concordo. Para todos aqueles que só viam nesse evento a oportunidade de encontrar o fanzine, tenho certeza de que outras oportunidades virão, e em todo caso, nos comunicaremos através do blog. Lembrando que também envio os fanzines por correio!

Obrigada a todos os que acompanham 'virtualmente' o fanzine, e que acompanham esta autora pseudo-brega em seus posts. "Vidas" foi mais longe do que eu poderia ter imaginado quando comecei, e isso quer dizer que fiz pelo menos alguma coisa certa rs.

Espero que isto sirva de mensagem ou inspiração aos novos fanzineiros que de alguma forma se desanimam com a forma em que as coisas são levadas nesse mundo. Uma dica: dependam apenas de si mesmos e façam aquilo que vocês gostam. Muitas vezes, você terá que ouvir aquilo que não gostaria, pessoas dizendo que é ruim, mas se você acredita no que faz, isso que importa. E a melhor resposta para todas as críticas (construtivas e destrutivas - as destrutivas nem chamo de crítica) é: PRODUZIR. Faça o melhor que puder, faça MELHOR até do que você pode. Crie um site, divulgue seu trabalho e crie uma relação ampla com os leitores. As pessoas gostam de serem ouvidas tanto quanto de ouvir. O mundo está cheio de mediocridade, e as vezes nos sujeitamos a ela porque queremos uma oportunidade. Mas até onde vale a pena se sujeitar? Se queremos ser vistos como profissionais, devemos buscar o profissionalismo em tudo o que fazemos, inclusive na forma de divulgação. E não estou dizendo que você só é profissional quando trabalha com isso ou tem um nível técnico avançado. Ser profissional é levar a sério o que faz, mesmo que esteja apenas começando. Todos já passaram por essa situação, todos já começaram por algum lugar, mas nem por isso permaneceram nele para sempre. O profissionalismo se encontra em todos os níveis, e cabe apenas a você escolher o que quer para seu trabalho.

Estou me delongando, mas é que vejo que muitos artistas se perdem (até eu me perdi) e gostaria de compartilhar minha própria experiência, para que pensem nela como inspiração.


sexta-feira, 16 de março de 2012

A seis páginas do final!!!

Estou postando as 3 da manhã. Por que? Bem, eu sofro de todos os males contemporâneos daqueles que vivem em grandes metrópoles. Passo o dia correndo, como se cada segundo contasse (e conta!). Acordo correndo, como correndo, e parece que estou sempre atrasada. Tem aquele momento em que você realmente precisa escolher entre fazer seus projetos OU comer OU tomar banho. Sem contar que você precisa dormir. Durmo pouco e como se não bastasse, às vezes tenho insônia (como hoje). Sorte que amanhã é sábado. Mas veja pelo lado positivo... estava tão ansiosa e empolgada desenhando a página de hoje...!

A verdade é que a realidade bateu, agora faltam 6 páginas pro final! Isso me deu o gás que eu precisava e em breve encontrarei um fim pra essa jornada longa e bonita (que brega! ugh..).

Algumas considerações:

Apesar da minha ansiedade quanto a opinião dos leitores em relação ao roteiro, tenho que dizer, estou tão satisfeita com o final que dei à história, que poderia ler e reler e saberia que fiz a coisa certa. Eu me orgulho do que eu fiz até agora, mesmo que não seja perfeito. Fiz do jeito que queria, fiz do MEU jeito.

Quanto à arte, tive altos e baixos. Como sabem, no final do ano passado estive doente e a série entrou em alguns hiatos, com momentos grandes de pausa entre uma página e outra... sei que ainda tenho muito a melhorar e é claro, os comentários são sempre bem vindos!

Olha eu aqui me antecipando... nem terminei e já estou falando dos comentários, tsc! Esta sou, a rainha da ansiedade. E quem sabe a rainha do melodrama. Eu sou mesmo meio melodramática... tem quem diga que minha narrativa é muito melosa ou poética demais... sei lá.

Comentariozinho de autora idiota: O Diego é o personagem mais frio e mesmo assim as cenas em que ele aparece tem uma certa ironia e/ou alívio cômico. Sei lá... ele encara a vida de uma forma tão diferente dos outros personagens que é como se ele estivesse sempre rindo deles "he, he... esses adolescentes"...

No final, cada personagem foi gostoso de desenhar por alguma razão. Foi bom perceber a mudança, porque nada permanece o mesmo, e relatar estas particularidades da vida torna tudo tão mais... palpável. É como se eles estivessem vivendo aqui, ou numa cidade não muito distante (e eu sei que eles moram em algum lugar do universo dentro da minha cabeça.. derp) e estas ultimas páginas em particular desenho sempre com um sorrisinho maroto no rosto, independente da carga emocional delas, e teve vezes - é sério - que eu quase chorei em algumas. Isso deve parecer patético, mas bem, isso só fez esse projeto valer mais a pena. Enquanto eu puder sentir, enquanto puder transmitir estas emoções e puder tocar meus leitores de alguma forma, bem, então estarei no caminho certo.




sexta-feira, 9 de março de 2012

Atualizando a página do facebook

Eu atualizei a página do fanzine no Facebook para Linha do tempo rs... Nem ligo muito pra linha do tempo, mas acho legal poder colocar foto de capa xD

Visitem e curtam >>> Vidas Imperfeitas no Facebook

Por enquanto é isso o que estou conseguindo fazer, porque pegar nas páginas tá difícil!

Piro muito nessa vida de estudante e estagiário =.='

quinta-feira, 1 de março de 2012

Às vezes acho que desaprendo a desenhar...

Às vezes acho que desaprendo a desenhar, ou é por causa desse calor, mas a última página que fiz ficou porca. Desenho torto, a finalização deu o toque final... ai, sério, alguém desliga o aquecedor do mundo por favor!

A novidade é que comecei a estagiar, e como todo estudante estou ainda mais sem tempo que antes. O que não é necessariamente uma coisa ruim. Consegui um estágio na área de criação, e agora trabalho com ilustração e tals... mais novidades em breve. Legal vai ser quando meus trabalhos começarem a sair nas lojas, isso sim vai ser bacana! Mas quando isso acontecer, avisarei por aqui ;D

Ok, ok!! Eu precisava postar alguma novidade dessa ultima edição senão eu ia ficar louca!! LoL


Daniel... de cabelo curto (e sem camisa, kham)!! Hohohoh.. espero que tenham gostado! Vou tentar acelerar essa edição porque eu mesma já to morrendo de ansiedade *¬*
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...